17 de julho de 2011

Mensagem para aquelas raparigas que têm um rapaz novo todos os dias/noites, e que abrem as pernas com tanta, ou mais, facilidade quanto respiram:
Minhas queridas, o que vos falta é amor próprio. Não façam do vosso corpo um "espaço publico", e muito menos se rebaixem ao ponto de achar que ele realmente o é. Auto-estimem-se, respeitem-se, pois caso contrário ninguém vos respeitará. Ao serem assim, não têm o direito de chamar um rapaz de "cabrão", uma vez que o sexo é oferecido, e ele apenas se limita a aproveitar a oportunidade que lhe é dada. Eu já nem peço decência, mas faço um apelo à elegância, e por favor, não assassinem também a sensualidade.

E agora o lado positivo da coisa: o que é certo é que assim não sofrem com um coração partido.
Porque:
"Raparigas espertas abrem a sua mente, raparigas fáceis abrem as suas pernas e as raparigas tolas abrem os seus corações."
Ainda assim, acho preferível ter um coração partido, do que falta de amor próprio.

20 comentários:

ritag. disse...

concordo plenamente contigo.

Maggie disse...

eu acho que «esse tipo» de raparigas tem a necessidade de dar nas vistas pelas razões que tu enunciaste.. e pensam que assim conseguem ser mais que as outras. mas não conseguem. é preferível a opção «coração partido». ao menos ainda existe dignidade.

ritag. disse...

oh, não precisas de agradecer, minha querida (:
Perfeito? Nada disso, mas obrigada $:

Maggie disse...

ainda bem que concordas comigo :)
mas desculpa lá os testamentos ! :x

ritag. disse...

não se compara em nada ao teu, uma vez que o teu está bem melhor, mas ainda assim muito obrigada, querida +.+

ritag. disse...

oh, és uma querida *.*
o teu está bastante realista e aplica-se muito bem à nossa sociedade, existem demasiadas raparigas assim e o pior é que se acham rainhas -.-

Patrícia Amado disse...

disseste tudo!

• cláudiasofiagomes disse...

prefiro um coração quebrado.

• cláudiasofiagomes disse...

um coração partido ainda guarda respeito, orgulho, dignidade e tudo mais.

ritag. disse...

deviam mesmo, mas é a falta de amor próprio, como tu frisas, que não as deixa respeitarem-se e fazer com que os outros as respeitem.

Carla disse...

concordo contigo.Mil vezes um coração partido a isso.

Mia disse...

L.O.V.E. doesn't stand for Legs Open Very Easy.

sílviacruz disse...

Infelizmente hoje em dia é o que mais se vê, não entendo qual o interesse em tal, já que de positivo não tem nada. :x

CARINA disse...

concordo contigo mesmo.

Lєтıs '' disse...

. se feriste a sensibilidade de alguém, quer dizer que a tua mensagem chegou onde era suposto

Dannie disse...

sendo assim eu acho que sou das "raparigas tolas" e sim também prefiro ter um coração partido!

disse...

Ana, concordo com voce totalmente...
as vezes me acho antiquada por isso, mas nao vou mudar... nao da pra ser assim, falta de amor proprio...
beijoos e boa semana!

Sofia Rocha disse...

estou de acordo !

e gostei do blog :)

Lєтıs '' disse...

. porque aquelas que não se identificam com essas raparigas, até concordam contigo, e as que levam a mal é porque de algum modo até se identificam com elas

Tânia Gil disse...

Assino por baixo. A sério que não percebo o que leva alguém a rebaixar-se dessa maneira, não sabem elas o que andam a perder.